quinta-feira, 9 de setembro de 2010

1.A Cicatriz e a Ferida de um narcisismo que existe no lado esquerdo dos nossos peitos (a língua sobrevive assim)

1.1Conversa com o Vento (texto escrito a alguns anos de dias ou alguns dias de anos)

Gostaria de transcrever os meus pensamentos e nunca mais lê-los, nunca mais ouvi-los. O escrever serviria como uma fuga num dia de muito enfadamento do mundo. Mas em mim e em todos existe uma “medida de gostos”, os gostos que me promovem são os mais importantes. Sempre se sobrepõe o segundo gosto ao primeiro.
As pessoas "definidoras da vida" diriam de forma imediata demais( e  também como herança  cultural da moralidade clássica) que esse meu primeiro gosto seria humildade, mas queria perpassar a humildade,(ou egoísmo?) gostaria de nem pensar em humildade(ou egoísmo?), ser livre?, não!...não definiremos liberdade, vamos não tentar fugir dessa meta que deveria não ser estabelecida mas que na contradição minha estabeleço.
“Os gostos mais importantes” aqueles que me promovem. Falando sobre isso eu queira mais uma vez  talvez conflitar com o mundo. No plano da "objetividade" eu não estou mais!”

...risos... sisos...em homenagem a objetividade...

obs: talvez qualquer Lispector (original ou transmutado(a) ) esteja a beira de um lago  fumando: 1)viciosamente sua vida em cigarro metafísico 2)e em contemplação eterna da própria face refletida.

Um comentário:

  1. essa sua obs:e logica eu iria fazer justamente isso ,fumando na beira de um lago :) clyvia

    ResponderExcluir