sexta-feira, 30 de julho de 2010

O narracídio

Anulei aquele que poderia narrar mais uma história
Ele já tinha se preparado para começar
E eu por traz, cauteloso e ensandecido
O enforquei com o que era de sua propriedade:

[Eu (sussurrando)
o enforquei
com o fio
da narrativa]

Ele sufocando, sufocando tentava pedir pela
Sua Vida
Mas o fio da narrativa o matava velozmente

Roxo, olhos abertos, e um leve corte na altura do pescoço
O detentor do poder estava abatido!
O que seria da idéia de escrever?
Houvera o narracídio!

[mata-se só para se tomar o lugar ou se opor a vida criando a narrativa( o narrador)]

2 comentários:

  1. Obrigada pela visita e seja sempre muito bem vindo! Gostei muito dos teus escritos também, continue assim!

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Excelente Ramon!
    Bravo!
    Vou segui-lo tmb p/ acompanhar suas postagens, afinal, gostei muito do conteúdo do blog.
    Bjj.

    ResponderExcluir